CIRSURES

Cocal do Sul, Lauro Müller, Morro da Fumaça, Orleans, Siderópolis, Treviso e Urussanga

Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos Urbanos da Região Sul

NOTÍCIAS

Ordem de Serviço da Obra do Novo Aterro Sanitário do Cirsures é Assinada

03 de Maio de 2022.

O prefeito de Treviso e presidente do Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos Urbanos da Região Sul (Cirsures), Valério Moretti, assinou na segunda-feira, dia 2, a ordem de serviço para a construção do novo aterro sanitário e ampliação do sistema de tratamento de efluentes do Consórcio. A solenidade aconteceu às 10 horas, na sede do aterro sanitário, no bairro Rio Carvão, em Urussanga. 

A construção irá atender os municípios consorciados, devido ao encerramento do atual aterro sanitário. A vida útil do novo local será de 48 meses e terá espaço para receber 66 mil toneladas de resíduos. “O novo aterro irá facilitar a destinação do lixo, pois atualmente os resíduos estão sendo levados para Içara. Com a nova construção queremos incentivar ainda mais o descarte correto do lixo orgânico e reciclável”, disse o prefeito. 

A construção deve levar aproximadamente 155 dias para ficar pronta e será realizada com recursos provenientes de uma emenda parlamentar do deputado federal Daniel Freitas, no montante de R$ 1.651,149,08. 

“A gestão regionalizada dos resíduos sólidos e tratamentos de efluentes através de consórcios intermunicipais representa uma enorme economia de recursos públicos e um grande ganho ambiental, que tem reflexos positivos em toda a sociedade. A disposição inadequada dos resíduos gera diversos impactos negativos, tanto para o meio ambiente quanto para a saúde dos cidadãos, na medida em que há a poluição do solo, contaminação da água subterrânea e dos mananciais e proliferação de agentes causadores de doenças”, ressalta o deputado federal Daniel Freitas que encaminhou, ao todo, R$ 2 milhões de reais em emenda individual para o Cirsures.

Além disso, enfatiza o parlamentar, essas iniciativas contribuem para o gerenciamento adequado dos resíduos sólidos e líquidos, assim como permite que outras ações possam potencializar os resultados através da implantação de programas de reciclagem e compostagem, programas de conscientização ambiental nas escolas, nos bairros e o uso adequado da água. "São projetos que estão em pleno crescimento, pois se adequam à realidade de cada município, levando em consideração desde o tipo de solo e a população, até os instrumentos técnicos e financeiros disponibilizados pelas administrações municipais”, avalia Freitas.

O Cirsures é referência para o Brasil na gestão consorciada e atende os requisitos da Política Nacional de Resíduos. 

Fonte: Assessoria de Imprensa - Rafaela Maffioletti

« Voltar
Carregando...